terça-feira, 24 de junho de 2008

Os doze pares de França

. Na cidade dos sonhos, limite entre o corpo e a região espiritual para onde todos nos destinamos depois da passagem terrena, encontro-me com o comandante Haroldo, com quem partilho amizade na 10ª Região Militar e no movimento dos militares espíritas. Fora da matéria, ele trabalha num projeto que objetiva recepcionar crianças que deixam a matéria antes de cumprirem até a etapa de vida adulta.

. É algo como uma creche-abrigo, que se especializou em receber as vítimas das tragédias na carne. Aprendi nas leituras esotéricas e espíritas, tratar-se dos endividados de outras visitas ao aparelho de carne.

. Há uma movimentação intensa na dimensão da Luz. Embora com serenidade, comitivas se mobilizam para a execução de tarefas importantes. Crianças estão sendo trazidas de um resgate coletivo e devem aclimatar-se ao padrão vibracional desse lado.

. O coordenador Haroldo explica a operação que está acabando de ocorrer com a chegada de várias crianças recém-nascidas e que, na Terra, na vigília, eu só viria a tomar conhecimento agora, no início da madrugada do dia 24 de junho, via Jornal da Globo.

, "A morte de 12 crianças na UTI da maternidade de uma cidade da região Norte do Brasil".