sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

O mundo islâmico visto do lado anímico


Esta noite, a minha essência navegou por caminhos pouco lembrados por mim quando na vigília. O mundo islâmico.

Estava em um local aberto e me dirigia com outras pessoas para uma área onde se concentrava uma enorme multidão. Ao atingir as proximidades desse local onde pessoas pareciam meditar, eu notei que as pessoas se curvavam no chão e colocavam a testa de encontro à terra.

Rapidamente eu me ajoelhei, curvei-me também e na minha mente um só pensamento visitava-me: estava em direção a Meca.

Mais incrível ainda: ao meu lado, um carneiro achegou-se e também dobrou as duas patas dianteiras e colocou sua testa (não me lembro se tinha chifres) na areia.