terça-feira, 22 de novembro de 2011

DA SÉRIE CANÇÕES: CARAVELA

Caravela nua no mar, o meu corpo 
minha alma vela 
quer ligeiro um porto achar 
e deixar no oceano, essa procela 

Vento, ventania 
noite, noite escura, claro dia
traz meu sol mais novo 
que o pouso do meu barco 
é agonia, é agonia... 

Caravela nua, no mar o meu corpo 
minha alma vela, essa procela.