segunda-feira, 21 de maio de 2012

169º

Véspera de passagem de alguém importante. O que me leva a essa crença é o sonho que tive na madrugada de hoje.  Havia um anúncio naquela dimensão de que alguém conhecido ia chegar. E todo mundo lá estava preparado. Na vizinhança onde eu me encontrava, MF esperava o 'amigo'. E eu, surpreso, por encontrá-lo ali, duvidava de que fosse o mesmo escritor famoso que habitara o planeta durante várias décadas. Ele me dizia uma frase> "Quem não chora, não ama", parafraseando o velho ditado conhecido. Mas isso ainda não bastava para entender que era verdadeiramente o autor.

Enquanto falamos, alguém coloca uma placa com "169º - um minuto de silêncio" como a querer dizer nos próximos 169 dias, esse alguém famoso mudará de rota. Acordei e ainda ouvia a voz dele dizendo: 'Vambora, João...".