segunda-feira, 13 de maio de 2013


Poética Minha
o gosto da saudade dos outonos

Já passei tantas primaveras 

nesse meu andar pela Terra,
de invernos pontuei meu coração, 

algumas vezes...
O verão dançou comigo 

em cada alegria derramada de luz;
mas eu nunca conhecí 

o gosto da saudade dos outonos.

Texto de Nonato Albuquerque