sábado, 21 de março de 2015

Resposta

Quem é você, que passa ao largo da vida
Como se fosse ela inútil?
Vive porque, afinal de contas, está na lida
Mas considera tudo fútil.

Quem é você que, por mais que se consulte,
Adora dizer que anda abatida
Sem avaliar o dom que faz tão útil
O viver, lição apreendida.

Se você tivesse chances de recordar-se
O que fez antes de nascer
Iria saber que pediu pra ser dessa maneira

E ao invés de reclamar e acomodar-se
Iria o quanto antes correr
Ao invés de falar da vida, como asneira.