sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Da reunião de 18 de agosto

O melhor de tudo é não dizer nadinha 
tão longa foi a espera, tão próximo é esse dia.
alvorecemos em campos de trabalho 
depois de anoitecdido o corpo em desalinho

reajustamos os dispositivos da alma 
e fechamos balanço às ações cotidianas;
eu nada tenho a dizer do muito que já foi dito
quem procura aprender é quem tem muito a ensinar

o primeiro instante aqui é o primeiro depois do último
retoquem as máscaras
revisem os conceitos
transformem-se em atos
pois de palavras muitas 
eu sempre me acho cheio