segunda-feira, 13 de maio de 2013

Gratidão

Eu tenho rios de gratidão,
pelas veias que permitiram correr o sangue de meus sonhos;
deles, me nutro; neles, me satisfaço.

Na amazônia de meus anos
desbravo vidas múltiplas onde recolho as sementes dos amigos
que plantei ou que se plantaram...

Eu, vivo!


Texto de Nonato Albuquerque
Sexta-feira, Novembro 21, 2008