quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

PRA QUE O MUNDO TENHA JEITO


Tanto tempo, tempo tanto
Já se passou pelo mundo
E tem coisas que. no entanto,
Não mudam nem um segundo

Como o anti-semitismo
Que varreu tantas pessoas
E que do fundo do abismo
Vive em meio às coisas boas

Quando será que o homem
Vai deixar a intolerância
De ter sempre preconceito?

É preciso que lhe domem
Os mitos da ignorância
Pra que o mundo tenha jeito.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

sábado, 18 de janeiro de 2020

ROTAS DE LUZ



rotas de luz
No itinerário sagrado da vida, há razões muitas que são capazes de transformar o homem desesperançado e o conduzi-lo a destinos de vitória. Para isso, preciso é que ele se fortaleça na fé e na esperança de que podemos determinar os rumos do destino.
O eco do passado e as experiências do presente, são forças produtivas e renovadoras a positivar o encaminhamento de toda trajetória humana. Todo futuro se formata a partir do que somos e experimentamos no hoje.
A alma que jornadeia o [ quase sempre ] encrespado mar da Vida, ambiciona sempre conduzir seu barco a uma destinação segura. Anela aportar com ele em um remanso, onde águas tranqüilas o depurem e renovem suas forças, onde vislumbre a segurança de aportagem.
A exemplo de todo marujo prudente, para se chegar a qualquer rota de destino há que se ater a um plano de viagem, cuja carta náutica tem o certificado das nobres virtudes morais.
Por isso, nesses tempos em que tempestades investem contra o barco da existência humana e o deixam aos solavancos e trepidações, recomenda-se recompor as amarras de luz que o roteiro da divina sabedoria recomenda.
Põe-te em guarda. Refaz teus planos. Orienta tua bússola. Planifica ultrapassar esses percalços de momento, certo de que ao leme da governança da Terra, está o mestre dos mestres, a guiar a viagem de todos os seres que estão no planeta.
Fortalece-te na fé que responde pelo combustível de toda esperança. Ajuda-te, capacitando-te a servir sempre aos que estão a caminho, que o céu te propõe iluminar as passagens mais difíceis dessa viagem.
Sereniza tua mente. Não vaciles. É tempo de provas e de buscar resultados. Prescruta melhor o caminho. Compreende que é momentânea a provação que te plenifica, ainda que, em alguns momentos, te sintas induzido a largar o barco e declinar do teu plano de viagem.
Sê contigo agora. Deus está contigo. Sempre.
De autoria de Nonato Albuquerque
Do blog 'Acabei de Chegar' (11.04.10)

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

PAS DE DEUX

PAS DE DEUX
Nonato Albuquerque


Um dia inventaram de levar o menino a um cabaré.
O pai muito cioso de que o filho devia começar cedo
Disse a ele: ‘passarim’ quando cresce, voa do pé.
Num fica comendo bosta que lhe trazem pro arvoredo.
Tá na hora de voar. Se ‘aprepare’, vou arranjar muié
Que vai lhe fazer ser ‘ômi” em meio a um bom brinquedo.
Deu gorjeta ao leão de chácara, que parecia não dar fé
De um menino de dez anos entrando naquele putedo.
Lá dentro, o pai pagou para que o levassem a alcova
E ficou bebericando e se enxerindo com as raparigas
Achando que tudo ia saindo bem, às mil maravilhas .
Como demoraram a voltar, resolveu tirar a prova.
E ao abrir a porta descobriu o ‘bixim’ entre as amigas
Fazendo um ‘pas de deux’, com duas lindas sapatilhas.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

CEARÁ ERA SAARA



CEARÁ ERA SAARA
No dia que decidiram que eu teria que nascer na Terra, o anjo Xico, meu guia de guarda, me estendeu um grande mapa e disse:

- Onde o senhor quer nascer?
Sem pestanejar, respondi:
- Numa terra do Oriente, de clima tórrido, sem chuva. Chão esturricado, mas que tem uma riqueza debaixo dele, que será o futuro do Planeta: óleo de pedra.
Xico, ao que parece, não tinha lá muita ciência das coisas e foi preciso explicá-lo que era petróleo, o óleo do qual eu falava
- Quero nascer aqui - disse apontando no mapa - e ser um dos herdeiros de todo o califado, pra viver uma vida de paxá: enriquecer e viver de ar (de brisa, devia ter dito pra ser mais compreensível).
Pra evitar alguma dúvida, peguei o mapa, botei o dedo indicador na região onde pretendia nascer. No Sahara.
E como ele tivera uma vida pretérita num reino croata, indagou-me:
- Sahará? E eu, displicente confirmei.
Pois num é que o desgramado do anjo trocou as bolas. Mandou-me pruma terra seca, que nem água tem pro gasto. Quando tomei juízo das coisas e que fui olhar direito, vi que o anjo Xico, meu guia, ao invés de Sahara me mandou com armas e bagagens pro Ceará. E só assim pude ver que ele trocou a acentuação tônica da palavra para a última sílaba do Sahara. E ficou Saará.
Mesmo que hoje ame demais essa terra, mas não esqueci. Ando fulo da vida com o anjo que me jogou onde ‘óleo de pedra’ tem. Mas refinado. Nos postos de gasolina. E caro pra caramba! E num herdei nem uma bombinha. E pra num dizer que ele errou de todo, vivo de ar. No ar. Nos meios de comunicação.
Tem nada não! Descubro assim que num é só humano que erra. Anjo, também. Só tenho pena sim, é de quem pediu a ele pra nascer em Boston. Ou Chicago.
---

domingo, 12 de janeiro de 2020

O roteiro Cristo


qual o lugar preferido você nunca esqueceu
indagou curioso um amigo que eu tive.
quase sem pensar respondi-lhe: "o céu"
e o coitado ficou pasmo e mudo, inclusive. 

curioso, quis saber mais de que modo eu
já estivera no céu e com que poder obtive
essa chance de ir ao lugar que reconheceu 
ser destinado a quem só o bem convive 

foi-lhe fácil dizer que, na verdade, considero
o céu um estado de espírito que construo 
em momentos em que ao mal luto e resisto

é quando tenho paz, que a vida mais venero
e sinto ser o bem maior que hoje possuo 
para chegar ao céu, sigo o roteiro Cristo. 

CONSTRUTORES DA NAÇÃO


CONSTRUTORES DA NAÇÃO
Nonato Albuquerque

Eu tenho a cara nordestina de todo sertanejo
que admira o seu chão e fortalece a sua raça;
que dorme com esperança e acorda um só desejo,
De ver a sua gente respeitada em toda praça.
.
Eu tenho a fortaleza de entes que são um pejo
de orgulho – cuja ação, homem nenhum rechaça.
Padim Ciço, o Dragão do Mar que fez o despejo
Dos que na escravidão, lucravam com a desgraça.
.
O Brasil, onde eu passei habitar nessa existência,
Tem lutas de superação e histórias de grandeza
Que merecem, de cada um de nós, celebração.
.
Nordestinos no mundo, temos em nós a ciência
De sermos raça sofredora mas, que com certeza,
Temos a alma gentil dos que constroem a nação.
(Nonato Albuquerque)

terça-feira, 7 de janeiro de 2020